Não precisa de uma ideia para empreender

Futuro, tecnologia e comunidades: não caia na maioria silenciosa por Francisco Santolo

Fundador e CEO

Redes horizontais e comunidades multiplicadoras, companhias em processo de disrupção diante de pequenos empreendedores – ou pessoas coordenadas por meio do crowdsourcing – revolução nos modelos de negócios e nas metodologias de negócios, governos perdendo seu poder de controle, tecnologias exponenciais democratizadas, capacidade de aprendizado de qualidade ao alcance de todos, comunicações e transporte numa velocidade e custo nunca antes vistos. 

 

Se aproximando um mundo, aonde o indivíduo, nos, cada um de nós, será mais poderoso do que nunca.

 

Só algumas implicâncias:

 

Não existiram impossibilidades. Ao escolher seu sonho ou objetivo, solte suas restrições. Vamos aprender no curso a arte de tornar possível.

 

O mundo será de incertezas, caótico, com muitas forças e ações confluindo de forma inimaginável. Mas temos mais possibilidades de causar impacto positivo do que nunca.

 

Para que isso aconteça, devemos melhorar nossa comunicação, nossa coordenação em cenários de urgência, ler e responder de forma inteligente em face a contingências.