CURSO ONLINE DE EMPREENDEDORISMO E INOVAÇÃO

Matar a ideia para que nasça o negócio

por Francisco Santolo
Fevereiro 2020

As ideias não geram lucro. Nem garantem receita. Considerar as ideias como inovação é um erro habitual.

Há um longo caminho por percorrer da ideia até o negócio! O processo de ideação pode levar até a invenção de algo potencialmente inovador, mas a execução e comercialização é uma parte chave e necessária da inovação.

Partindo de uma "grande" ideia, revisemos a faixa infinita que ainda existe até a geração de ganho.

Manifesto das Ideias

As ideias não geram ganho
As ideias nem sequer garantem ingressos
As ideias não são inovação, mas ideação
As ideias podem ser ou conduzir até a parte da invenção da inovação.
Inovação = invenção + execução
Ou melhor ainda: Inovação = invenção x comercialização
E ainda da inovação até o ganho há um caminho longo por percorrer
Não pode associar diretamente nenhuma ideia de produto ou negócio com ganhos
Ainda utilizando a melhor das metodologias empreendedoras ou de inovação
Nem desenhando uma grande estratégia com base no seu objetivo
Nem tendo desenhado um modelo de negócio virtuoso
Nem descobrindo os padrões de dores e desejos de um segmento de cliente por meio de entrevistas
Nem criando um produto ou serviço maravilhoso, sabendo o que desejam seus clientes
Nem ainda depois de testar todas as partes faltantes do Modelo de Negócio
Nem sequer tendo um mapeamento de vendas maravilhoso com excelente geração de prospectos e boa conversão
A distância da ideia ao ganho é ∞

Considera que as empresas multinacionais, mesmo conhecendo seus clientes, não podem garantir o lançamento de um novo produto sem variação de 2 zeros (%) na estimação da sua demanda.

Então?

Não procure uma ideia. Foque na inovação. No problema. Inovação é resolver problemas, ou abrir novas possibilidades, não gerar ideias "disruptivas". Também não existe disrupção sem execução.

Tem que escolher seu objetivo. Defina uma estratégia adequada. Desenhe um modelo de negócio virtuoso que reflita essa estratégia. Experimente ele com clientes potenciais, escute ativamente e descubra seus problemas, necessidades ou desejos. Ajude eles a atingir suas aspirações. Gire, reitere, desenvolva o cliente junto com o produto ou o serviço. Só depois tem que descobrir o processo de vendas adequado. Não invista dinheiro desnecessário antes de tempo. Aplique metodologia.

Leia. Melhore sua execução continuamente. Trabalhe em conjunto e relacione-se com outros empreendedores. Não perca de vista seu propósito.

Apreenda. Apreenda! Apreenda!

E deixa essa obsessão pelas ideias.

Outros artigos de Francisco Santolo